quarta-feira, 3 de março de 2010

Conhecendo nosso "Auau" Labrador.

Vou postar um texto que achei num site super bacana chamado Lordcão. (http://www.lordcao.com/racas/labrador.htm)




História e Características Gerais da Raça
Ao contrário do que muitos pensam, o Labrador não é originário da região do Labrador, mas sim da Terra Nova (Newfoundland), no Canadá, onde nadava nas águas geladas para recolher redes de pesca. Sua pelagem curta e impermeável à água evitava que o gelo se prendesse aos pêlos, enquanto o corpo musculoso e a grande tolerância à dor davam-lhe forças para completar a tarefa.

Até onde se sabe, os cães que teriam sido a fundação do Labrador atual foram introduzidos na Inglaterra no início de 1800 até 1885, quando as leis de quarentena (cães que venham de fora da ilha precisam ficar isolados por um período de 6 meses antes de serem liberados para viver na Grã Bretanha) passara a inviabilizar a importação de novos cães.
Nas duas primeiras décadas do século 20, a Inglaterra possuía os canis mais influentes na formação básica da raça como ela é conhecida hoje, entre eles o Lord Knutsford’s Munden Labradors e o Lady Howe’s Banchory Labradors. Já nesta época os Labradores se destacavam como grande campeões, tanto nas competições de beleza, como nas de caçada.

Os "novos" Labradores foram importados para os EUA durante a Primeira Guerra Mundial e na época eram classificados apenas como Retrieevers, competindo junto com outras raças que também recebem esta denominação (Golden Retrievers, Chesapeake Retrievers, Bay Retrievers entre outros).

Hoje o Labrador Retriever combina as características do Labrador original e de outros Retrievers. A grande popularidade da raça se deve a sua aparência forte, pêlo macio e de diversas cores, temperamento tranqüilo, amigável e equilibrado, aliados a uma grande facilidade em se adaptar a diferentes condições e a versatilidade no desempenho de diversas tarefas, como busca e resgate de sobreviventes e desaparecidos, guia para cegos, cão de terapia para crianças e pessoas hospitalizadas, caça de diversos tipos de presas, busca e rastreamento de drogas, além de ser um excelente companheiro da família.

Embora numa mesma ninhada possam nascer filhotes com as três (Chocolate, Amarelo - que vai do quase vermelho ao creme quase branco - e Preto), os genes das cores escuras são dominantes sobre os das cores claras. No cruzamento de um Labrador Amarelo, com outro Amarelo só nascerão filhotes Amarelos. Se os dois pais são Chocolates, os filhotes podem ser Chocolates ou Amarelos, mas nunca Pretos. Quando dois Labradores Pretos cruzam, os filhotes podem nascer Amarelos, Chocolates ou Pretos.

Por muito tempo acreditou-se que os Labradores Pretos eram os melhores caçadores, os Amarelos os mais preguiçosos e os Chocolates seriam cabeças-duras e teimosos ao extremo. Esta crendice não é absolutamente verdade. Labradores de todas as cores são excelentes cães e companheiros e o único inimigo da raça são os criadores ignorantes e inescrupulosos, que por ganância acabam gerando cachorros sem a menor atenção com o temperamento correto. Como acontece com toda raça que cresce em popularidade, os cruzamentos indiscriminados e descuidados geram animais doentes, física e psicologicamente.

No entanto, por muitos anos, durante o início do desenvolvimento do padrão da raça, a maioria dos Labradores Amarelos e Chocolates eram simplesmente mortos quando nasciam. O preconceito era tanto que só em 1964 a Inglaterra teve seu primeiro Labrador Chocolate premiado. Até hoje é muito mais difícil encontrar os Chocolates participando de competições, sejam conformação ou caça, embora a popularidade da raça esteja crescendo rapidamente entre as pessoas que buscam apenas um bom cão de companhia.
Tamanho:
Machos:de 57 a 62 cm ;
Fêmeas: de 54 a 60 cm (na cernelha).

Peso:
Machos:de 28 a 36 quilos
Fêmeas: de 24 a 30 quilos

Aparência:
Corpo compacto e quadrado, com movimentos enérgicos e fáceis.

Pelagem e Cor:
Pelagem lisa, curta, espessa e forte.
Cores: Preto, amarelo
(do creme ao vermelho profundo)
ou marrom (tons claros e escuros).
Cabeça:
Crânio largo, focinho reto; olhos de tamanho médio, de preferência castanhos ou pretos; orelhas de tamanho médio pendendo junto à cabeça.
Cauda:
De comprimento médio, bem grossa, reta e afilada, nunca curva. A aparência é de uma cauda de lontra, de altura e comprimento perfeito para derrubar tudo que estivem em cima de uma mesinha de centro.
Expectativa de vida:
De 10 a 15 anos
Labrador Retriever
Perfil da Raça
O Labrador Retriever é o protótipo da raça tipo "família", com baixo a moderado nível de reatividade e agressividade, e com alto nível de obediência se treinado propriamente. Tranqüilo e gentil com crianças, o Labrador gosta de receber carinhos e brincar com toda a família. No caso do dono desejar ter todas estas qualidades, aliadas a uma maior proteção territorial (tomar conta da casa), o melhor é escolher um macho mas não espere nenhum "ataque" ao intruso, apenas muito barulho.

Naturalmente energéticos e alegres quando filhotes, o Labrador tende a se tornar muito mais calmo com o passar do tempo. Mas atenção, por falta de cuidado de alguns criadores, hoje já existem alguns destes cães que apresentam desvios de comportamento. Entre os mais comuns estão latir em excesso, descontrole e brutalidade nos movimentos, agressividade, agitação demasiada e ansiedade. Felizmente estes casos ainda são raros e o Labrador continuam sendo uma das raças mais adoradas em todo o mundo.

Brincalhões pela vida afora, os Labradores normalmente deixam seus impulsos destruidores de lado assim que chegam a idade adulta (mais ou menos 2 anos). Extremamente apegado aos donos, eles não se adaptam bem a solidão. Preferem viver num pequeno apartamento junto com sua "família" do que do lado de fora de uma casa sem companhia. Apaixonados pelo trabalho, estes cachorros facilmente escolhem como "predileto" aquele que os treinam. São inteligentes, adaptáveis, adoram exercícios mas sabem deitados aos pés de seus donos com o maior prazer.

Seu pêlo é praticamente impermeável, secando rapidamente ao ar livre. Uma boa escovada diária ajuda a remover os pêlos mortos e será aceita com grande prazer por estes animais. Um cuidado especial é necessário com a tendência que a raça tem de ser glutona e engorda muito além dos padrões razoáveis para cães saudáveis.

No livro The Intelligence of Dogs de Stanley Coren o Labrador ocupa a 7ª posição entre as raças mais inteligentes. Ainda segundo o autor, isto significa que eles estão entre as raças mais brilhantes em termos de obediência e também na execução de tarefas de trabalho. A maioria dos cães destas raças já demonstram sinais de compreensão de comandos simples após apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter estes comandos. Quando os donos pedem para eles executarem alguma tarefa, eles obedecem logo da primeira vez em cerca de 95% dos casos, e além disso eles costumam responder a estes comandos apenas alguns segundos depois de solicitado, mesmo que o dono esteja longe fisicamente.

voltar
Obs.: O gráfico acima é o resultado de um estudo realizado por Benjamin L. Hart e Lynette A. Hart, veterinários e Phd’s em comportamento animal, que entrevistaram dezenas de veterinários, treinadores e juizes de competições de obediência nos EUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!
Fico muito feliz sempre que leio um comentário carinhoso!
Bjks e fique com Deus!