domingo, 22 de agosto de 2010

2 anos depois!

Sabe quando fazemos balanço da nossa vida e pensamos, eu faria diferente isso ou aquilo.
Tá, eu faria alguma coisa diferente, mas 80% do que fiz repetiria, sem pestanejar.
E assim seria com a gravidez, o nascimento, a escolha do Pediatra, a decisão de não trabalhar (pelo menos até os 2 anos) e quase tudo relacionado ao Otto eu faria exatamente igual.

Não me arrependo, ao ver que consegui ensinar a ele a pedir desculpas, a agradecer, a pedir licença, a  ser carinhoso, a compartilhar os brinquedos.
Não me arrependo, porque em todo resfriadinho ou indisposição eu estava aqui, nebulizando, remediando, sempre presente.

Sempre falo com minhas amigas, se não puder até 2 anos, porque nem todo mundo pode, pelo menos até 1 ano, é importante a figura da mãe e do pai, da rotina da casa, dos banhos de sol na calçada, de conhecer o lugar onde mora, de andar na rua.
Essa apresentação do mundo aos pequenos é de suma importância, na minha opinião, para dar o pontapé inicial para eles descobrirem, que é legal morar aqui, que as pessoas são boas, que existe uma rotina, que existe bicicleta, moto, carro, caminhão, risos.
Não sei vocês, mas com Otto, desde que começamos a caminhar pelo bairro, falo (mesmo que não entenda), da importância de olhar pros lados pra atravessar a rua, de andar sempre na calçada, de não mexer com cachorros, pois podem fazer dodói. Apresento as coisas a nossa volta, a árvore, o passarinho, até a caixa de correio o Otto conhece, risos.
Acho que o ensinamento é eterno e é de cedo que se aprende.
Mesmo que não entenda, só o fato de parar e me ouvir, já é um aprendizado.

E a festa foi decidida na semana antes do dia 04, aff.
E o Otto comemorou com amiguinhos da creche e com a família em casa.

E a gente se dá conta, em meio a preparativos, lista de convidados, compras, que 2 anos passam rápidos demais.
Percebe que aquele bebê, super dependente é agora um menino.
Menino esperto, que estuda e gosta da creche, com alma de papagaio, pois repete tudo que falamos.
Independente e mostrando as vezes, que vai ter uma personalidade forte como a Mamãe, mas com uma boa dose da calma e paciência do Papai. Acho que ficou equilibrado, risos.

Menino sapeca, que gosta muuuuuuito de dançar, música de qualquer estilo.
Que adora desenho, fórmula 1 e correr no jardim.
Que é muito carinhoso, amável e sorridente.
Que dorme sozinho, na cama dele. Mesmo no soninho da tarde, se estiver a fim, deita e dorme.
A gente só "ouve" o silêncio, olha pra cama e o vê dormindo.
É tão gostoso vê-lo independente.

A festa aconteceu e foi simples, mas só alegria.
O Otto se divertiu até o último minuto, brincou, correu, riu e claro gripou, por conta do sereno. Mas isso faz parte.
Vieram muitos amiguinhos e adoraram os doces, salgadinhos e lembrancinhas da festa.
E com isso, fechamos um ciclo e partimos rumo ao terceiro ano, com muita saúde, felicidade e amor, sempre!


Então, voltando a vaca fria, como dizia a minha vó, risos. 
Faria sim, tudo igual nesses dois anos do pequeno Otto.
Que se passaram rápido, mas foram bem aproveitados por nós aqui.
Curti muito, cheirei muito, apertei muito, rimos muito, passeamos muito, brincamos muito na praia, no jardim, caminhamos muito.
E aconselho a todas, fazerem o mesmo.
A sua presença, Mãe, faz um filho, mais seguro.









Mint to be para as crianças


2 comentários:

  1. Como diz minha amiga Robertinha:
    Vc escreve muito bem!!!!
    E eu?
    Eu fico aqui, cheia de orgulho da irmã...da mãe que ela se tornou..da profissional que ela...
    E quando eu crescer, ah! eu quero ser igual a ela... em algumas coisas claro!!! Não em todas...kkkkkkkkk
    Vc é um show! Um exemplo! E tenho certeza que ainda terá muuuuuuuuuuuuito orgulho do hoje, pequeno,Otto!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, sinto da mesma maneira, nossos babies já são rapazes, cheios de personalidade e vontades, e o tempo passa voando mesmo!!!!Ai, ai....
    Amei a fotinho que ilustra o texto, obrigada pelo carinho, sempre!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada!
Fico muito feliz sempre que leio um comentário carinhoso!
Bjks e fique com Deus!